Concessionária ou Oficina de Confiança ?

janeiro 28th, 2019

Em uma matéria na revista Quatro Rodas, Discutiu-se também essa matéria
Essa pergunta é complicada, mas vamos tentar ajudar na sua decisão.

mecanico

 

O que você procura é Custo Menor ?
Se o seu norte é esse, saiba que as vezes um reparo ou revisão mal feita, pode trazer um prejuízo maior do que um serviço feito com peças originais e mão de obra especializada e treinada.
Usando a Honda como exemplo, uma vez substituindo alguma peça avariada, por uma peça genuína Honda e com mão de obra da concessionária instalando essa peça, você tem 12 meses de garantia na peça.

O que você procura é tranquilidade ?
Se o seu pensamento é esse, nem sempre a concessionária pode significar que o serviço será bem feito ou você não terá um retrabalho.
Algumas bandeiras de outras marcas tem um serviço executado de modo sofrível.
E alguns casos relatados por usuários do Fit Fans no fórum, citam também concessionária Honda fora dos grandes centros, o serviço deixou a desejar.

Mas então o que devo fazer ?
Em qualquer um dos casos procure conhecer o estabelecimento primeiro.
a) Pegue dicas com conhecidos e clientes que já utilizaram o serviço daquele estabelecimento
b) Veja as instalações, o ferramental que o estabelecimento tem
c) Local sujo é desculpa de oficina porca. Uma oficina descente, deve estar limpa sem encardido na parede e com as ferramentas organizadas
d) Não é obrigatório , mas é mais fácil se o estabelecimento tiver
– Boa iluminação
– Elevadores para os carros
– Compressor de ar
– Um Bom Scanner
– Manual Técnico do seu Carro (eletrônico ou papel)
– Claro seu carro sendo de origem estrangeira, ter alguém na oficina que conheça pelo menos um pouco de inglês
No caso da concessionária, esse último item de saber a língua inglesa, é opcional uma vez que a Marca treina (português) todos os seus franqueados em seu produto.
e) Veja se a equipe de mecânicos é própria, tem registro n carteira de trabalho e principalmente o que demanda organização, tem uniforme pelo menos para trabalhar.
A época do macacão com camisa furada já se foi. 😉
f) Mesmo para serviços mais simples, como troca de vela, filtros e óleo do motor. Certifique-se que os técnicos do estabelecimento saibam o mínimo sobre o carro
g) O mais importante não seja cobaia, ou não deixe seu carro no mecânico que usar, “não sei”, “pode ser”, “talvez”, “tenho que pensar”, “vamos ver” , porque “mexânico” é diferente de mecânico

Meu mecânico é de confiança, não posso deixar o carro com ele ?
Claro que pode, desde que ele saiba o que está fazendo no seu carro novo. Um carro como Uno, Palio, Gol, Celta é bem mais fácil de reparar.
Quanto mais sofisticado ou de marcas que não são as populares aqui no Brasil ( GM, FORD, FIAT e VW), tendem a ser m ais bicho de sete cabeças para a maioria das oficinas particulares.

O seu mecânico pode ser bom, mas ele precisa se atualizar e fazer treinamento, ter material para estudar e evoluir. Claro , além de investir em conhecimento, ele precisa investir em equipamento e ferramental. Aí sim, com certeza você estará em boas mãos e poderá recomendá-lo de olhos fechados. 😉

É mais fácil achar boas no grandes centros ( como Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Curitiba), mas isso não quer dizer que na sua cidade não tenha um mecânico que investiu em conhecimento e ferramental

Algumas boas oficinas (*) que conhecem Honda e tem ferramental apropriado :

http://www.fitfans.com.br/forum/viewforum.php?f=181

(*) Todas essas oficinas citadas acima é necessário agendar pelo telefone
Claro você pode ter ouvido sobre casos de insucesso ou der um azar com algumas oficinas citadas acima, mas em casos relatados ou por experiência de usuários do Fit Fans, essas oficinas tem qualificação e competência para trata o seu Honda de forma correta com as franqueadas da Honda atenderiam.

No caso de uma revisita, se o problema ocorrer na peça trocada, não tem nem o que discutir, eles fazem o serviço como a concessionária faria sem discutir sem desculpas.